> Melninas: Maio 2016

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Ele, garoa. Ela, furacão.



Ele é de exatas. Ela, humanas.                                  
Ele, liso tradicional. Ela, cacheado.
Ele, crônica. Ela, poesia.
Ele, olhar sereno. Ela, penetrante.
Ele, garoa. Ela, furacão.
Ele, rotina. Ela, o novo.
Ele, o dia. Ela, a noite.
Ele, queria dormir. Ela, tirava o sono dele.
Ele, organização. Ela, bagunçava sua vida.
Ele, conhecer o mundo. Ela, o Nordeste.
Ele, Julieta. Ela, Capitu.
Ele, Clarice Falcão. Ela, Lispector.
Ele, um livro aberto. Ela, mistério.
Ele, monótono. Ela, instigante.
Ele, leite. Ela, café.
Ele, realista. Ela, sonhadora.
Ele, calcular os números. Ela, as estrelas.
Ele, calado. Ela, escandalosa.
Ele, resolver depois. Ela, agora.
Ele, sutil. Ela, intensa.
Ele, realidade. Ela, ironia.
Ele, exatidão. Ela, imprecisão.

Não se completam. Não precisam se completar, são inteiros. Separados, são inteiros. Juntos, se transbordam. Sim, conseguem viver um sem o outro. Porém, escolhem viver juntos.

***

Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo