> Melninas: [TEXTO] Sobre escrever

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

[TEXTO] Sobre escrever


Heey! Tô meio sumida por causa do meu computador que fez o favor de quebrar (de novo!). Então estou me virando aqui com um emprestado (por isso, peço que tentem relevar a má qualidade da imagem, substituirei quando voltar para o meu próprio computador). Mas nesse post trouxe um textinho bem simples sobre como eu me sinto ao escrever.

Escrever é como colocar pra fora todos os sentimentos, como gritar, mas de uma forma muito mais linda. De tanto se prenderem, pessoas morrem engasgadas com o que não disseram.

Com tudo que vivi (mesmo tendo pouca idade), compreendo que a falar não é sempre a melhor opção. Então, escrevo! E não preciso de técnicas magnificas sobre dissertação, linguagem e tudo mais. Se eu tenho sentimento para transmitir para o papel, isso basta. Pouco importa se escrevo uma carta de amor ou a lista do supermercado. 

Escrever, pra mim, é como uma necessidade. Tive diversos diários ao longo da minha vida, e tenho certeza que terei muito mais até o fim dela. Ora, pra quem melhor contar sobre o que aconteceu com você, do que pra você mesma? Para uma folha de papel? 

Como já disse o velho homem "Escrever a história é um modo de nos livrarmos do passado". O passado te assombra? Vamos lá, pegue uma folha de papel e uma caneta, e coloque pra fora tudo o que deseja dizer pra alguém. Tudo mesmo. Agora, se desejar, entregue. Se não desejar, apenas amasse-a e jogue fora. Não faz diferença. Sabe por que? Porque você já disse, já acabou. Fim.

Escreva o que aconteceu. Ou o que poderia ter acontecido. Na primeira opção você será um historiador, na segunda, um poeta. Garanto que as duas vão te dar um enorme prazer. Mas a segunda é um pouco mais sofrida. Um poeta toma as dores pra si, e as transforma e poesia. Antes de escrever, portanto, aprendei a pensar.

Creio que não há liberdade maior do que a de poder escrever. Ora, veja só: você pode escrever sobre um bêbado, uma flor, um grande empresário, um grande mendigo, o sol, sobre uma rosa, sobre o amor, sobre o ódio, sobre a falta de sentimento, pode escrever até sobre o nada. Então, escreva. Coloque pra fora tudo o que sente, e depois me conte o que achou disso. Escrever é não esconder a nossa loucura.

"Escrever é o verdadeiro prazer. Ser lido é um prazer artificial"

***

Se você gostou do post, não esqueça de comentar aqui embaixo e dar sugestões também para os próximos posts/textos. Siga o blog ali do lado e me acompanhe nas redes sociais que deixarei abaixo. Que tipo de posts vocês mais gostam? E textos?

Instagram: @melninasblog | Facebook | Snapchat: oimelfalcao

8 comentários:

  1. "Agora, se desejar, entregue. Se não desejar, apenas amasse-a e jogue fora. Não faz diferença. Sabe por que? Porque você já disse, já acabou. Fim."

    Exatamente, tenho cartas e cartas que foram escritas, mas nunca foram entregues, talvez um dia sejam, por enquanto não. Guardo algumas coisas ainda comigo, apesar de ter o Blog da Camila Peixoto (nome quase nada sugestivo), em que escrevo muita coisa sobre o que sinto, ainda tem coisas que guardo pra mim, ainda tenho meus segredos. Amei o texto, Melzinha. Que bom que você voltou! bj :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila! Acho que só o sentimento de escrever, de colocar pra fora, já é válido. Não é preciso necessariamente entregar, sabe? O blog realmente ajuda demais! Beijos, obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  2. Ai que texto lindo!
    Eu gostava muito de escrever há um tempo atrás. Ainda gosto. Mas agora to meio louquinha por edição de vídeo. Seu texto me trouxe até um sentimento nostálgico, me senti inspirada a voltar a escrever! E concordo que escrever é libertador! É a melhor forma de descrever! Seu blog é lindo! Fiquei até um pouco emocionada, parece a maior parte do blogar foi migrada pro youtube, eu fui na leva. Seu texto me trouxe direto pro começo dos anos 2000 quando essa coisa de ter blog e escrever explodiu. Você já era dessa época? Amando seu blog, nem acredito que tenho vontade de voltar aqui, há quanto tempo não passo por isso!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! Você realmente quase me fez chorar com esse comentário. É tão gratificante saber que meu humilde texto fez você se sentir assim. é lindo demais esse sentimento! Nasci em 2002 hahahahaha. Escrever é libertador mesmo, traduziu minhas palavras. Creio que devemos nos focar no que nos faz feliz, e se o YouTube te faz feliz, você deve focar lá. É como algumas pessoas me dizem, que fazendo videos eu teria mais reconhecimento e talz, mas meu apego por escrever aqui no blog é grande demais! Volte sempre aqui, viu? Será muito bem-vinda.

      Excluir
  3. Mel, teu blog é muito fofo, e esse texto? Sem palavras, adoro o tipo de post e acho que devia postar muito mais, mesmo que tenhas dito que escrever independe de estudos de linguagem (etc), tu escreve bem demais e isso nos desperta sentimentos que as vezes quem escreve só por escrever não consegue passar. Escrever E ler são os verdadeiros prazeres <3 :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mônica! Fico muito feliz que tenha gostado do meu texto, amei te conhecer pelo facebook! Vou fazer mais posts assim, porque os amo, é o que me faz feliz <33 É um prazer imenso. Muito obrigada pelo lindo comentário, volte sempre aqui!

      Excluir
  4. Ai Mel, acabei de comentar e deu problema no navegador, não sei se foi o cmentário D: , vamos lá de novo ... teu blog é uma fofura, gostei muito e de cara me deparar com esse texto? Acho que é por esse prazer de escrever que tenho blog desde os 10 anos, mesmo que ninguém lesse na época, amava escrever e ainda AMO...! E teu texto é tão bem escrito que nos prende e traz um sentimento a tona <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mônica, seu comentário veio hahahaha! Isso acontece comigo direto, dá uma raivaaa hahahaha, confesso que até desisto de comentar no blog da pessoa quando isso acontece, mas você foi persistente e comentou de novo! Muito obrigada, fico super feliz que tenha gostado! Amo escrever desde pequena também, é libertador <33

      Excluir

ATENÇÃO: Os comentários são moderados para ficar mais fácil responder, ok? Vou ficar muito feliz se você comentar ;) Ah, e se você também tiver um blog/site, deixe aqui pra eu visitar :)

Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo