> Melninas: Resenha: Os 13 Porquês (Jay Asher)

sábado, 25 de outubro de 2014

Resenha: Os 13 Porquês (Jay Asher)

Oi oi oi galerinha, tudo bem? No post de hoje vou fazer uma resenha (coisa que há muito tempo eu não faço) sobre o meu livro favorito: Os 13 Porquês. Sou suspeita pra fazer resenha desse livro, porque ele é meu favorito. Então, provavelmente, vocês encontrarão uma quantidade exagerada de elogios ao longo do post.

Autor: Jay Asher 
Onde encontrar: Saraiva - Livraria Cultura - Americanas

É uma missão extremamente difícil falar sobre um livro que não pode ser descrito. O que escrever sobre um livro que mudou completamente seus pensamentos, seu modo de enxergar as coisas? O que escrever sobre um livro que te faz ver que na maioria das vezes nós não vemos o impacto que temos - ou deixamos - na vida das pessoas? 
Não dá pra voltar atrás, para o jeito que as coisas eram. Do jeito que você pensava que elas eram. Tudo que a gente realmente possui... É o agora

Clay Jensen era um adolescente comum, até o dia em que chega em casa e encontra na porta uma caixa de sapatos com 7 fitas dentro, e de cada lado pintada um número com esmalte, até chegar no 13. Clay é surpreendido quando vê (ou escuta?) que as fitas foram gravadas por Hannah Baker - uma antiga colega de classe e paquera - que se suicidou a duas semanas atrás.

No início da primeira fita, Hannah explica que todos aqueles que receberam as fitas, são culpados pelo suicídio dela. Ou seja: 13 lados, 13 culpados, 13 pessoas. Mas porque Clay recebera aquelas fitas? Afinal, o único contato que ele teve com Hannah foi na festa, naquela festa. Agora, terá que ouvir tudo até o fim para saber a verdade.

Eu poderia contar toda a história do livro aqui e tirar a emoção de vocês lerem. Mas o objetivo dessa resenha é relatar que esse livro é TOTALMENTE emocionante. 

Eu realmente me conectei a Hannah como se eu me sentisse amiga dela, e, a cada palavra que eu lia, era um som que ecoava na minha mente "Não se mate Hannah, não faça isso". Mas depois eu pensava "Isso é um livro. Isso não existe." Mas, quando se passou um tempo, um bom tempo, eu li o livro novamente. E, com uma nova visão, mais madura, talvez, eu percebi que isso EXISTE SIM. Existem milhares e milhares de Hannah's por aí. Talvez tenha uma Hannah na sua sala.

No livro, ninguém da turma da Hannah poderia sequer levantar a hipótese de que ela estaria pensando em suicídio, nem mesmo seus pais. Porque, na realidade, ninguém está interessado em saber o que se está passando com o outro. Todos só falam "Eu isso. Meu problema aquilo." Mas quantos realmente procuram saber o problema dos outros? Vivemos em uma sociedade egoísta. E isso não é pessimismo.

Quantas vezes por dia vemos no jornal a noticia de jovens, adolescentes que sofreram tanto bullying, foram tão humilhadas dia após dia a ponto de achar que sua vida não vale mais a pena. E que atenção damos? As vezes, ficamos observando uma ou outra, mas, será que realmente paramos pra pensar no que essa pessoa sofria? Ou pior, em que pessoas essa pessoa deixou para trás? Quando eu terminei o livro, fiquei com uma vontade imensa de salvar a Hannah, fiquei me lamentando. Mas, depois, percebi uma coisa: EU TENHO ESSA CHANCE TODOS OS DIAS. Eu posso salvar uma Hannah todos os dias, basta eu prestar atenção.

Tenho certeza que se você ler este livro, verá o mundo de outra maneira. Sou sincera ao dizer que fui amiga da Hannah em todas essas páginas, pois vivi com ela medos, inseguranças e pensamentos. Prepare-se para mergulhar em uma história real, incrível e totalmente tocante. Eu adoraria, ter conhecido e salvado a doce Hannah Baker. 
Mas todo mundo virou as costas. Ninguém perguntou se havia algum problema comigo
Eu não teria virado as costas pra você, Hannah.

9 comentários:

  1. Eu PRECISO ler esse livro. PRECISO!!!!
    Olha quem tá brilhando no 1 dos top cometários: LÊZINHA RAINHA. hehehehehe
    Adorei a resenha Melzinha <33 Parabénss
    leticiaeostreze.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa ler esse livro. PRECISA!!!!!!
      Ah, craruu Lezinha Rainha que comenta tudo pq me acha gata dms #prontofalei u_u
      Que bom que gostou <3333

      Excluir
  2. Uma colega minha me recomendou uma vez, mas ainda não o li porque ela explicou bem por alto. Agora me deu uma vontade novamente! Rsrsrs

    Passa lá: http://liter-ama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu o recomendo pra todo ser vivente. LEIA! É MARAVILHOSO.

      Excluir
  3. Nossa eu li esse livro e ele é realmente incrivel,a parte mais tocante é a hora em que clay vaga pela cidade ouvindo as fitas...me senti angustiada...saber que ele estava onde ela estava,confesso que por um momento eu achei que hannah não estava morta e voltaria para clay...emocionante mente perfeito..amei...

    www.maniadecoque.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Mentira! Eu achava que era só eu que estava pensando que a Hannah estava viva. Achei que ela ia aparecer de algum lugar, sei lá hahaa. É mesmo muito emocionante

      Excluir
    2. a parte que ele está na lanchonete ouvindo as fitas e meio que lanchandoe depois vai ao cinema que ela já tinha trabalhado eu imaginei que por ser a noite ele encontraria com ela...e eu ficaria muito feliz e aliviada !!!!

      Excluir
  4. Nossa mel agora fiquei louca pra ler este livro sou viciada em livros mas nunca fiz resenha apesar de ter feito ainda minha segunda postagem no meu blog ainda estou aprendendo ,haha mas preciso urgente de ler ele será o próximo ,Bjus
    Ha adorei seu blog..
    http://maycordeiro2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh faz resenha sim., é ótimo <33 Leia mesmo, recomendo demais. Obrigada e beijosss

      Excluir

ATENÇÃO: Os comentários são moderados para ficar mais fácil responder, ok? Vou ficar muito feliz se você comentar ;) Ah, e se você também tiver um blog/site, deixe aqui pra eu visitar :)

Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo